Latim e Direito Constitucional

A filosofia é uma sabedoria, enquanto julga, dirige e unifica o conjunto do saber humano; utiliza esse saber para os seus próprios fins. As ciências fornecem os materiais elaborados, por assim dizer, sob uma forma que não convém à filosofia. Ela sabe, entretanto, descobrir neles o seu próprio bem, utilizando tudo o que comportam de valor ontológico e metafísico, acessíveis somente à razão e não à ciência positiva como tal. Por essa razão não deve cessar jamais o contato entre o filósofo e o cientista, pois a filosofia deve alimentar-se constantemente das aquisições do saber positivo.

História da filosofia

Sócrates nada deixou escrito. Expunha suas doutrinas em ensino oral nas praças e nos mercados, nos pórticos e nas oficinas aos mais variados auditórios. O que dele sabemos foi-nos transmitidos pelos seus discípulos Xenofonte e Platão. Nas suas doutrinas deve-se distinguir a parte polêmica, em que combate os sofistas, e a parte dogmática, em que expõe suas ideias sobre as diferentes partes da filosofia.

Direitos reservados: os textos podem ser reproduzidos, desde que citados o autor e a obra. ( Código Penal, art. 184 ; Lei 9610/98, art. 5º, VII e Norma Técnica NBR 6023, da ABNT ).