Latim e Direito Constitucional

Não reunirá ideias contraditórias a expressão “filosofia cristã”, de vez que “filosofia” implica racionalidade pura e “cristã” implica reurso a fontes suprarracionais?  Podem reduzir-se a duas categorias as soluções deste problema: as que só admitem a influência extrínseca da revelação e as que falam duma influência intrínseca. Umas e outras sustentam a sua perfeita inteligibilidade. Pode dizer-se que uma filosofia é cristã se ela admite e pede a direção extrínseca da revelação, enquanto, ao construir todo o sistema racional à luz autônoma dos primeiros princípios, evidentes por si, visa, nas suas conclusões, a não ferir nenhuma verdade de fé, ou evidentemente implicada pela fé.

História da filosofia

Moral é a parte culminante da filosofia de Sócrates. Ele ensina a bem pensar para bem viver. Admirável iniciador, deu o impulso, não alcançou o fim. Quando morreu, tudo fica ainda incompleto, porque o método não é suficiente, é preciso a doutrina. E Sócrates, tão rico em germes fecundos, não tem doutrina propriamente dita, a não ser no que concerne aos fundamentos da Ética.

Direitos reservados: os textos podem ser reproduzidos, desde que citados o autor e a obra. ( Código Penal, art. 184 ; Lei 9610/98, art. 5º, VII e Norma Técnica NBR 6023, da ABNT ).