Latim e Direito Constitucional

A lógica na Época Moderna I

No século XVIII, Leibniz preconiza uma lógica simbólica ou “característica universal”, que teria como ponto de partida, ou como base, um inventário de todo o conteúdo do conhecimento humano e, como instrumento, um conjunto de sinais, que representariam os conceitos fornecidos pela enciclopédia dos conhecimentos, bem como seus elementos constitutivos e as várias combinações de que são capazes.

Deveriam estes sinais, segundo Leibniz, não apenas representar os objetos (como os símbolos dos químicos), e sim, sobretudo permitir o raciocínio, ao modo da álgebra. Não pôde Leibniz executar este projeto, que dependia do imenso empreendimento da enciclopédia. Mas os logísticos contemporâneos retomaram algumas de suas ideias, principalmente as relativas ao cálculo lógico.

História da filosofia

Argesilau e Carnéades, fundadores n da nova Academia, concorreram mais poderosamente para a divulgação do ceticismo, que encontrou seus mais altos representantes em Enesidemo e Sexto Empírico.

Direitos reservados: os textos podem ser reproduzidos, desde que citados o autor e a obra. ( Código Penal, art. 184 ; Lei 9610/98, art. 5º, VII e Norma Técnica NBR 6023, da ABNT ).