Latim e Direito Constitucional

Simples apreensão e termo IX

Sinal natural é aquele que tem alguma relação de causalidade o de dependência com a coisa significada (o gemido é sinal de dor, a fumaça é sinal de fogo).

Sinal convencional é o que resulta de uma convenção arbitrária (o ramo de oliveira significa paz, o preto é sinal de luto, a bengala branca precede a um cego, o farol vermelho é sinal de parada para o automobilista). A maior parte das palavras são sinais arbitrários.

História da filosofia

Esta dependência dos Padres em relação à filosofia grega nada tem de servilismo. Eles a julgam com critério imparcial e superior, corrigem-na onde a encontram desviada e aperfeiçoam-lhe mais de um ponto fundamental.

Direitos reservados: os textos podem ser reproduzidos, desde que citados o autor e a obra. ( Código Penal, art. 184 ; Lei 9610/98, art. 5º, VII e Norma Técnica NBR 6023, da ABNT ).